1

Pare de jogar dinheiro no lixo. Se atente aos detalhes.

Recentemente passei numa dessas lojas de fast food para comprar um sorvete (mais conhecida como casquinha). Pedi dois: um para mim e outro para minha esposa. Sem me questionar se queria ou não, o atendente colocou nos sorvetes uma dessas pazinhas de plástico – fato mais que normal. Normal se eu e minha esposa fossemos usar as “colherzinhas”. Tão logo saímos da lanchonete jogamos as mesmas no lixo. Já imaginou quanto dinheiro desperdiçado com isso?
 
Pode parecer pouco, mas ao final de um ano a economia para a rede seria de um bom número ao simplesmente instruir os atendentes a fazerem uma simples pergunta: “Precisa de colher?”.
 
Parece bobeira, mas não é. Vamos à contas (vou ser bastante conservador, pois não sei os números ao certo)
 
– Digamos que esta rede venda uma média de 100.000 casquinhas por dia em todo Brasil
– Deste número, metade das pessoas não usam a colherzinha e as dispensam logo que a recebem
– Vamos acreditar que cada colher custe à rede apenas R$ 0,03 (três centavos)
 
Então temos: 50.000 x 0,03 = 1.500,00 desperdiçados POR DIA!
 
Se considerarmos os meses com 30 dias (na média) temos 1.500,00 x 30 = R$ 45.000,00 por mês jogados no lixo

Atente-se aos detalhes. É do seu dinheiro que estamos falando!

 Ao ano soma-se mais de MEIO MILHÃO de reais jogados no lixo que poderiam ser economizados se os atendentes simplesmente fossem corretamente instruídos. Lembrando que estes números podem ser bem maiores que isso.
 
E no seu negócio, já observou os pequenos detalhes que podem fazer uma grande diferença no seu caixa ao final de um período? Pode ser uma lâmpada que fica acessa o dia todo sem necessidade ou uma torneira que deve ser regulada.
 
Coisas simples que muitas vezes não nos damos conta porém geram custos desnecessários. Fique sempre atento(a)!

Danilo Miguel

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *